8 Hábitos comuns que impedem que você corra

8 Hábitos comuns que impedem que você corra

8 Hábitos comuns que impedem que você corra

Sem comentários em 8 Hábitos comuns que impedem que você corra

NÃO PODE SAIR DO SOFÁ? ESSES MAUS HÁBITOS PODEM ESTAR IMPEDINDO VOCÊ.
Você sabe que o exercício é benéfico para sua saúde, seu cérebro e suas metas de perda de peso. No entanto, parece tão difícil se encaixar no seu dia. Se você de fato não programar uma corrida, provavelmente não fará isso. Além disso, existe uma interminável lista de tarefas, e para os pais, ainda tem que cuidar das crianças.

Ainda que consiga lidar com esses obstáculos, pode aparecer muitos outros obstáculos inesperados entre você e algum tempo na prática da corrida. Abaixo, alguns hábitos que estão mexendo com seus objetivos e como contorná-los.

VOCÊ NÃO COME ATÉ O ALMOÇO
Talvez você não esteja com fome de manhã, talvez esteja ocupado demais para parar e comer, ou talvez pular o café da manhã seja apenas parte de sua rotina. Mas isso não é bom se você quiser se exercitar, diz um estudo no American Journal of Clinical Nutrition .

Pesquisadores descobriram que pessoas acima do peso que tomavam café da manhã tinham maior probabilidade de se exercitar e queimaram quase 836 mais quilojoules (equivalente 200 kcal) durante a manhã do que pessoas que jejuavam. Para um café da manhã energizante que irá mantê-lo bem, aprecie para proteína e gordura de queima lenta; bacon e ovos, abacates, queijo e iogurte lhe darão energia a manhã inteira para que você se sinta pronto para se exercitar e menos faminto quando o almoço chegar.

VOCÊ USA O TEMPO NAS REDES SOCIAIS
Há muito tempo no dia, e o tempo que você gasta no instagram, compartilhando fotos ou lendo outro artigo deprimente sobre política vai tirar o tempo que você gasta amarrando seus tênis e movendo seu corpo. “É comum ver meus clientes se perderem no Facebook e no Instagram e perderem um treino”, diz Aja Davis, fundadora da New Body Bootcamp no Brooklyn.
Um estudo da Universidade de Ulster, no Reino Unido, descobriu que quanto mais tempo os participantes do estudo gastam nas redes sociais, menor a probabilidade de eles se exercitarem ou participarem de esportes coletivos.

VOCÊ NÃO VIVE PARA TRABALHAR, MAS TRABALHA PARA VIVER
Indo para uma rápida caminhada ou bater os pesos torna-se mais fácil quando você não está amarrado à sua mesa. Quando você está no e-mail o dia todo, preocupado com prazos e vivendo com medo de seu chefe, pode colocar seu próprio bem-estar em segundo plano. “Carreiras podem ser drenantes e tirar a força de vontade para o exercício”, diz Davis. “Se você trabalha muito tarde e leva o estresse mental do trabalho para fora da porta com você, é mais difícil se exercitar.”

Um estudo do pessoal militar descobriu que, quanto mais estresse no trabalho eles experimentavam, menor a probabilidade de eles se exercitarem – e essa é uma carreira que exige que você permaneça em boa forma. Então, se você costuma perder a aula de yoga do dia, porque ainda está no escritório, tente agendar seu treino para a manhã antes que o trabalho assuma o controle, diz Davis.

VOCÊ NÃO TEM UM TEMPO DE DORMIR
Se você acha que ir dormir tarde é ruim apenas para crianças pequenas, pense novamente. “Um bom treino começa na noite anterior”, diz Davis. “Se você está assistindo TV ou no seu computador até tarde da noite, não se sentirá restaurado e atualizado no dia seguinte.”
O sono ruim causa estragos na mente e no corpo. Ele reduz a motivação, torna o corpo mais exausto e suscetível a lesões e aumenta a inflamação, que suprime o sistema imunológico, de acordo com estudos já realizados .

VOCÊ ACHA QUE A LIMPEZA É EXERCÍCIO
Certo, então você não tem que entrar em uma esteira ou ir correr ao redor de uma pista para fazer exercício. Mas é uma das maneiras mais fáceis e melhores de fazer isso. Essas tarefas diárias podem fazer você suar, mas não superestime seus benefícios para mantê-lo em forma. Um estudo no BMC Public Health descobriu que a limpeza não atende ao padrão de atividade física. E os participantes do estudo que relataram fazer o exercício através da limpeza tenderam a ganhar peso. É ótimo para manter uma casa arrumada – apenas não confunda o trabalho doméstico para um treino.

VOCÊ NÃO FAZ PAUSAS
Quando se trata de maus hábitos, você provavelmente sabe que sentar é o novo cigarro: quanto mais você se sentar, menor a probabilidade de você cumprir a recomendação mínima de atividade física. Um estudo no British Journal of Sports Medicine descobriu que as mulheres australianas que se sentavam por mais de 8 horas por dia eram menos propensas a se exercitar e aumentavam significativamente suas chances de morrer.
Para combater os efeitos de se sentar em seu hábito de fazer exercícios, faça pausas frequentes para se levantar, alongar e se movimentar com esses exercícios simples .

VOCÊ É UMA BORBOLETA SOCIAL
Grandes relacionamentos com amigos e familiares são a chave para a felicidade e a longevidade. No entanto, quando você está jantando todas as noites, com medo de perder o happy hour, ou aceitando todos os convites, você vai acabar colocando a sua necessidade de conversar sobre a sua necessidade de se exercitar.

Além disso, você vai consumir muita comida rápida e calórica anda está sempre presente nesses encontros. “É importante e divertido ter uma vida social, mas isso pode interferir em suas metas de condicionamento físico”, diz Davis. “As pessoas que precisam se socializar devem verificar algumas corridas de grupo ou se exercitar de manhã.” Seu trabalho, reuniões e festas provavelmente não acontecem às 6 da manhã, então use esse tempo com sabedoria. (Siga estes 8 passos para se tornar um corredor matinal .)

RESSACA DE FESTAS
Você tem uma ressaca. Seu pescoço dói porque você dormiu de qualquer maneira. Seu joelho parece inchado. Lidar com a dor pode se tornar um hábito diário que impede você de elevar sua frequência cardíaca, mas o melhor remédio é exercitar com freqüencia.

Um estudo publicado na revista Medicine & Science in Sports & Exercise descobriu que um pouco de exercício aeróbico – apenas 30 minutos – nos torna mais tolerantes à dor e ao desconforto. Ou seja, não são apenas aquelas maravilhosas endorfinas induzidas por exercícios que nos permitem continuar, mas um hábito de exercício moderado nos permite suportar a dor a longo prazo.

* com adaptações
fonte: Runners World Online

Back to Top