Dicas de biomecânica para melhorar a performance na corrida

Dicas de biomecânica para melhorar a performance na corrida

Dicas de biomecânica para melhorar a performance na corrida

Sem comentários em Dicas de biomecânica para melhorar a performance na corrida

Como fazer para evitar movimentos e esforços desnecessários e alcançar o objetivo

Ser eficiente na corrida significa gastar o mínimo de energia possível para determinada velocidade, sem desperdícios com movimentos e esforços desnecessários. O objetivo é usar a força e a potência do corpo para ir o mais para frente possível, saltado pouco para cima e inclinando-se o mínimo possível para os lados. Tal objetivo pode ser alcançado com algumas dicas de biomecânica, confira.

1 – Mantenha a cadência alta
Dar mais passos por minuto, ou seja, ficar pouco tempo com o pé no chão, é uma das maneiras de se alcançar uma boa eficiência na corrida. Não existe um número fixo para a cadência, ao contrário, há uma relação não rígida dela com a velocidade. Por exemplo, em um ritmo de 6 mim/km, uma boa cadência fica perto de 165-170 passos por minuto. Já a 5mim/km, a cadência gira ao redor de 180. Mas esses números não são rígidos. A ideia é trocar o passo rapidamente dentro de um limite de conforto.

2 – Treino de potência de quadril
Uma das formas de não “correr pulando” muito e ter um movimento potente para frente é utilizando bem um dos principais motores da corrida: o quadril. Treinar força e potência principalmente do músculo glúteo máximo é uma boa estratégia

3 – Cuide de tronco
O tronco é o centro de sustentação do corpo, e por isso chamado de CORE, que significa centro. Mantê-lo trabalhando bem ajuda o corpo a se movimentar com mais eficiência. Exercícios de prancha são uma alternativa simples e eficiente.

fonte: Eu Atleta

Back to Top