É seguro correr grávida ou quando está tentando engravidar?

É seguro correr grávida ou quando está tentando engravidar?

É seguro correr grávida ou quando está tentando engravidar?

Sem comentários em É seguro correr grávida ou quando está tentando engravidar?

Embora tenhamos percorrido um longo caminho desde os dias em que as pessoas achavam que as corridas podiam fazer seu útero cair (sim, isso era uma coisa real em que as pessoas acreditavam), ainda há alguma confusão em torno da corrida e da fertilidade. Afinal, é seguro correr grávida ou quando está tentando engravidar?

Fertilidade e corrida

Então, vamos esclarecer essa confusão: “Correr geralmente não compromete sua fertilidade, contanto que você ainda menstrue regularmente”, diz Lorraine Dugoff, professora de obstetrícia e ginecologia da Universidade da Pensilvânia.

“Excesso de exercício e/ou baixo peso corporal podem causar amenorréia [ausência de fluxo menstrual], mas assumindo que seu ciclo menstrual é regular, você ainda pode correr enquanto tenta engravidar.”

Posso correr se estiver tentando engravidar?

Um estudo do Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism concluiu que intervenções no estilo de vida saudável, incluindo exercícios, aumentaram as taxas de ovulação em mulheres com síndrome dos ovários policísticos. Mesmo que não tenha a síndrome, estudos mostram que o estresse compromete a fertilidade (e a corrida é um calmante). E mais: As mulheres mais estressadas tinham 29% menos probabilidade de engravidar, em comparação com as mulheres que eram menos estressadas, de acordo com um estudo da Human Reproduction.

Há apenas uma ressalva: o American College of Obstetricians and Gynecologists (EUA) diz que o excesso de exercícios pode estar relacionado à infertilidade.

É seguro correr grávida?

“Encorajo todos os que têm o OK do seu médico para se exercitar durante a gravidez”, diz Dugoff. “Embora existam algumas atividades estejam fora dos limites – esportes de contato, mergulho, atividades com alto risco de queda (esqui, cavalgadas) – a corrida não é uma delas.”

A regra geral é a seguinte: a gravidez não é o melhor momento para se dedicar a algo novo, mas contanto que você não tenha as condições listadas aqui e tenha o OK do especialista, é possível acompanhar as atividades. Seu corpo está acostumado (com exceção dos esportes listados acima).

Naturalmente a intensidade e a duração de suas corridas devem diminuir, por conta do enjôo matinal e do desconforto geral. Mas os benefícios dos exercícios aeróbicos moderados valem a pena; As mulheres que se exercitaram e seguiram uma dieta saudável tiveram uma probabilidade 10% menor de precisar de uma cesariana. “O exercício tem sido associado a um risco reduzido de cesarianas e diabetes gestacional, juntamente com uma recuperação mais curta após o nascimento”, diz Dugoff.

É por isso que os Centers for Disease Control and Prevention recomendam 150 minutos de exercícios aeróbicos moderados por semana durante a gravidez. “Contanto que você possa conversar durante a atividade, você não está exagerando”, diz Dugoff.

Caso contrário, a melhor coisa que você pode fazer para o seu bebê (ou futuro) bebê é cuidar de você. E se isso inclui correr antes, você pode continuar correndo agora enquanto se sentir confortável.

Por: Kiera Carter, da Runner’s World
fonte: Runner’s World

Back to Top